Gerenciamento de processos: saiba como engajar os colaboradores - GesSaúde
Voltar

Gerenciamento de processos: saiba como engajar os colaboradores

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


Além de treinamento e capacitação, é preciso motivar os funcionários do hospital para garantir resultados com o uso da ferramenta

por editorial GesSaúde

O gerenciamento de processos hospitalares – metodologia que mapeia, planeja, monitora, avalia e revisa todas as atividades executadas em uma organização de Saúde –  depende diretamente do engajamento dos colaboradores. Afinal, são eles que irão executar as tarefas elencadas. Para tanto, é preciso que os funcionários conheçam e entendam não somente os trabalhos que realizam, mas enxerguem também o impacto que intercorrências podem gerar para cada processo, para a operação do hospital e para o atendimento ao paciente.

Hospital: onde e como implantar gerenciamento de processos

Alcançar resultados com o gerenciamento de processos depende da integração de todos os times que compõem um hospital, do assistencial ao backoffice. Para tanto, desenvolver a maturidade da gestão hospitalar é fator decisivo porque proporciona a capacidade de enxergar o todo e fazê-lo funcionar.

O médico Ricardo Ayache, da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado do Mato Grosso do Sul (Cassems), responsável por plano coletivo empresarial na modalidade de autogestão, explica que o gerenciamento de processos no ambiente hospitalar não pode ser vertical, ou imposto pelas lideranças, mas sim contar com a participação de todos os colaboradores, independentemente dos cargos que ocupam. “A ferramenta é um compêndio de informações detalhadas de cada atividade desenvolvida na instituição. Lista quais são as tarefas executadas, quais as pessoas envolvidas, com definição de início, fim e propósito de cada ação, a fim de prever melhorias e realizar a constante correção dos processos. Se não houver participação e, mais que isso, engajamento de todos os profissionais envolvidos tanto na implantação quanto no gerenciamento e na revisão, a ferramenta não alcança seu principal objetivo: encontrar gargalos e servir como base para os gestores corrigirem rumos e até mesmo efetuarem o total remodelamento do negócio.”

O especialista cita que, para que haja engajamento e, consequentemente, a ocorrência de erros seja minimizada, é preciso treinamento e capacitação das equipes. “O monitoramento é constante e acompanha se as implementações tornaram o processo melhor, observando ainda se ele é executado de forma correta, o que depende diretamente do funcionário que realiza aquela atividade. É preciso deixar claro que sempre há oportunidade de melhorar, e a motivação dos colaboradores é essencial para não causar estagnação.”

Gestão

Além da capacitação, motivar colaboradores também depende do papel do gestor e do nível de maturidade de gestão hospitalar. “É o líder quem garante que todos os funcionários conheçam as etapas envolvidas nos processos, a fim de saber de que forma eventuais erros podem impactar no conjunto. Os gestores precisam de três princípios de trabalho essenciais: liderança, devido ao contato direto com as pessoas; técnica, que lhes garante o conhecimento específico inerente à função; e método, que pode ser traduzido como o caminho para se alcançar resultados”, comenta a coordenadora do MBA em gestão de Saúde do Centro Universitário São Camilo, Claudia Raffa.

Ricardo Ayache, da Cassems, destaca que o gerenciamento de processos fornece um amplo auxílio na gestão eficiente da instituição hospitalar, pois os dados gerados por ele podem se tornar informações estratégicas que, além de auxiliar na condução do dia a dia e na obtenção de resultados, podem mudar os rumos do negócio – por meio, por exemplo, da decisão de investir mais em uma determinada área, que tem mais demanda e garante mais retorno. “Mas, para que funcione adequadamente, é de suma importância sua inserção na cultura organizacional, além do monitoramento metodicamente constante. Esses comportamentos devem partir dos gestores para os colaboradores, envolvendo a todos.”

Engajar o colaborador, portanto, é estratégico para quem quer extrair o máximo do gerenciamento de processos e fazer com que a ferramenta auxilie e organize as rotinas do hospital. É essa motivação da equipe que ajudará a atingir os principais resultados para uma organização de Saúde: ampliar a qualidade do atendimento ao paciente e reduzir os gastos.

Saiba mais:

Como o gerenciamento de processos evita erros no hospital

Mapeamento e gerenciamento de processos: contratar consultoria externa é necessário?

Ebook: O perfil do líder que conduz à maturidade de gestão hospitalar

Foto: Depositphotos


28 de setembro de 2017 | Atualizado dia 16 de janeiro de 2020


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico é responsabilidade de todos

Todos os envolvidos na operação do negócio devem ter acesso ao planejamento estratégico para melhor implantá-lo Por Roberto Gordilho Em…Leia mais.

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico: definição de metas e indicadores

Estratégias devem ser elaboradas com o auxílio de indicadores para garantir a obtenção dos objetivos da organização de Saúde Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

Plano estratégico: entenda a importância na gestão da Saúde

De forma simplificada, o plano estratégico é o resultado do planejamento estratégico e deve ser compartilhado com todas as equipes…Leia mais.

Gestão da Saúde

Gestão hospitalar: os cinco pilares da maturidade

Focar estratégias apenas em tecnologias não garante resultados eficazes; conheça as estruturas da maturidade de gestão hospitalar  Por Roberto Gordilho…Leia mais.

Gestão da Saúde

Experiência do cliente e a importância do BPM na Saúde

Gerenciamento de processos executado de forma eficaz contribui para a satisfação e experiência do cliente Por Fabiana Freitas A experiência…Leia mais.

Gestão da Saúde

Estratégia competitiva como forma de perpetuar a organização

Em um cenário de competitividade extrema e de transformações constantes, a estratégia competitiva é fundamental para o negócio Por Roberto…Leia mais.

Gestão da Saúde

Entenda o processo de modernização da gestão

Engajamento e treinamento de pessoas fazem parte do amadurecimento e processo de modernização da gestão Por Roberto Gordilho A visão…Leia mais.

Gestão da Saúde

Gestão do capital: entenda o movimento de financeirização na Saúde

De milhões para bilhões de reais, o setor de Saúde precisa de profissionalizar a gestão do capital Por Roberto Gordilho…Leia mais.

Gestão da Saúde

Por que o modelo de remuneração torna a Saúde ineficiente

Volume de procedimentos gerado e repasse de reajustes para clientes, são algumas das dificuldades do atual modelo de remuneração Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

Oportunidades de crescimento da Saúde no Brasil

Análise mercadológica e econômica apresenta bons motivos para organizações apostarem na Saúde no Brasil Por Editorial GesSaúde As oportunidades de…Leia mais.

Gestão da Saúde

A prescrição digital pode combater as fraudes de receita médica?

Por Rafael Moraes* A falsificação de documentos médicos é mais comum do que se pode imaginar. Para se ter uma…Leia mais.

Gestão da Saúde

Entenda o valor na Saúde para os 4 principais atores

Entrega de resultados e eficiência demanda que o gestor saiba oferecer valor na Saúde para os stakeholders Por Roberto Gordilho…Leia mais.

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico: a importância do acompanhamento

A segurança do negócio e o alcance de metas exige acompanhamento rotineiro do planejamento estratégico Por Roberto Gordilho O final…Leia mais.

Gestão da Saúde

Cenários para enriquecer o planejamento estratégico

Ambientes externos e internos devem ser avaliados durante a produção do planejamento estratégico para a instituição Por Roberto Gordilho A…Leia mais.

Gestão da Saúde

Como alinhar a estratégia empresarial ao modelo operacional

Maturidade de gestão é o caminho para que a estratégia empresarial seja alinhada ao modelo de operação da instituição Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

Tempestade perfeita: por que a Saúde é diferente

Manter a segurança do negócio e o crescimento demanda buscar oportunidades nas transformações da tempestade perfeita Por Roberto Gordilho Uma…Leia mais.

Gestão da Saúde

A expectativa do cliente da Saúde mudou

Organizações precisam mudar o mindset para compreender a expectativa do cliente da Saúde Por Roberto Gordilho As  novas tecnologias, a…Leia mais.

Gestão da Saúde

Planejamento estratégico: como aplicar o 5W2H na gestão da Saúde

Ferramenta auxilia a identificar e especificar estratégias que devem constar no planejamento estratégico da organização Por Editorial GesSaúde Melhorar a…Leia mais.

Gestão da Saúde

Incorporar soluções de suporte à decisão clínica ao fluxo de trabalho pode fazer a diferença na Saúde

Em épocas de internet of things (IoT), inteligência artificial, realidade aumentada, big data, fica meio difícil imaginar nossas vidas sem…Leia mais.

Gestão da Saúde

Gestores extraordinários: o passo a passo para o sucesso

Roberto Gordilho apresenta curso inovador para todos que ocupam ou querem ocupar cargos de gestão e se tornarem gestores extraordinários…Leia mais.

Gestão da Saúde

Maturidade de gestão: vídeos mais acessados de 2019

Roberto Gordilho apresenta os conceitos mais relevantes para a maturidade de gestão na Saúde no canal GesSaúde do Youtube Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

O que é maturidade de gestão na Saúde

Entenda o conceito de maturidade de gestão na Saúde.

Gestão Hospitalar

Gestão hospitalar: 10 artigos mais lidos do Portal GesSaúde

2019 foi um ano de transformações na Saúde em que os principais conceitos de gestão hospitalar foram fundamentais para os…Leia mais.

Gestão da Saúde

Ação imediata: entenda como o gestor pode usar essa estratégia

Plano de ação imediata é uma ferramenta de correção de erros a fim de antever cenários e determinar a melhor…Leia mais.

Gestão da Saúde

O plano de ação para organizações de Saúde

Ferramenta de acompanhamento do planejamento, o plano de ação é fundamental para atingir metas e objetivos Por Editorial GesSaúde Como…Leia mais.

Estratégia Empresarial

Planejamento em Saúde: a importância de objetivos e metas bem definidas

Estabelecer metas, avaliar e metrificar resultados fazem parte do processo do planejamento em Saúde Por Editorial GesSaúde A operação dos…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos