Voltar

Construa o engajamento e se destaque na Saúde

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade

Líderes e gestores se destacam no setor por motivar pessoas e construir o engajamento pelo próprio exemplo dentro da organização

Por Roberto Gordilho

O perfil de liderança motivacional está na lista de habilidades requisitadas pelas organizações de Saúde. Assim, saber construir o engajamento das equipes é um diferencial para líderes e gestores. Ou seja, ao compreender os colaboradores e compartilhar objetivos, o profissional aprimora a gestão dos recursos humanos. Além disso, ter pessoas engajadas é um forte potencial para atingir as metas de forma dinâmica e eficiente. 

De acordo com Stephen Harding, especialista em pesquisas organizacionais, o engajamento pode ser definido por três pilares:

  • Pensar: acontece quando o colaborador compreende e aceita os valores, princípios e estratégias estabelecidos pela instituição;
  • Sentir: a pessoa tem orgulho de fazer parte dos propósitos e da organização em que atua;
  • Agir: motivado pelos pilares acima, a pessoa toma atitudes favoráveis ao crescimento e sucesso do negócio.

Assim, construir o engajamento é uma estratégia que parte, primeiramente, da transformação do líder ou gestor. É necessário compreender e absorver os propósitos da organização de Saúde antes de repassá-los para os colaboradores e liderados. E isso exige entender o perfil de cada membro da equipe. Ou seja, o compartilhamento dos valores deve acontecer de forma individual. A partir do momento em que o gestor ou líder conhece as pessoas de sua equipe, encontra a melhor forma de relacionamento.

Home office

A pandemia trouxe diversos desafios para a gestão dos recursos humanos. Parte das equipes de Saúde entraram no modo remoto de trabalho – ou home office. Apesar de ser uma estratégia para reduzir a disseminação da Covid-19, o modelo está sendo adotado como usual por diversas áreas das organizações de Saúde. Por isso, construir o engajamento se tornou desafiador.

É preciso conhecer estratégias de gestão das rotinas, saúde mental dos colaboradores e manutenção das entregas e prazos, por exemplo. Isso além de manter as equipes unidas e participantes da missão do negócio. Dessa forma, conquistar o engajamento é elemento fundamental para ser reconhecido e se destacar como líder e gestor. 

 Valorização

Outra forma de construir o engajamento é apresentar possibilidades de crescimento e aprimoramento profissional. Com a expansão dos negócios na Saúde, diversas são as áreas que demandam pessoas comprometidas com resultados e a evolução do negócio. Por isso, o gestor ou líder deve identificar os colaboradores mais engajados e fornecer subsídios para a evolução profissional da pessoa. Essa estratégia também amplia a confiança de toda a equipe com o líder ou gestor. Afinal, no mercado é importante ter pessoas que reconhecem e contribuem para o desenvolvimento de carreiras. 

O engajamento é uma forma de se relacionar com as pessoas. Assim, a comunicação clara e acessível permite que o profissional tenha pessoas mais próximas do propósito empresarial. E, dessa forma, se destacar dentro da instituição e também no mercado. 

*Acompanhe Roberto Gordilho nas redes sociais e se atualize diariamente com o melhor conteúdo de gestão na Saúde:

Siga Roberto Gordilho nas Redes Sociais:

YouTube GesSaúde

Instagram GesSaúde

Sobre Roberto Gordilho

Roberto Gordilho é fundador e CEO da GesSaúde, professor, palestrante, apresentador do Canal GesSaúde no YouTube, autor do livro “Maturidade de Gestão Hospitalar e Transformação Digital, os caminhos para o futuro da Saúde”. 

Foi fundador e diretor das empresas EXE Sistemas e Extreme Tecnologia, além de ter sido por 08 anos diretor da MV, onde coordenou projetos de implantação em mais de 300 hospitais no Brasil, Chile, México e República Dominicana.

Formado em Processamento de Dados com especializações em Desenvolvimento Web, Sistemas de Informação e Engenharia de Software, além de Finanças, Contabilidade e Auditoria pela FGV, possui cursos de formação executiva na Kellogg Business School (Chicago) e Universidade da Califórnia (Irvine), participou também do programa de inovação Learn Experience em São Francisco.


28 de abril de 2021 | Atualizado dia 27 de junho de 2021


ÚLTIMAS POSTAGENS

Tecnologia de Gestão

Tecnologias disruptivas na Saúde: o mundo dos superapps

Enquanto os superapps economizam tempo e dinamismo, os wearable devices jogam as organizações de Saúde para dentro dos lares Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

O mundo se tornou omnichannel, a Saúde não pode ficar de fora

O omnichannel se baseia na convergência de todos os canais de comunicação do negócio para otimizar a experiência do cliente…Leia mais.

Transformação Digital na Saúde

Novas tecnologias: você ainda trabalha no analógico?

Inteligência artificial, IOT, impressão 3D e Blockchain são novas tecnologias que, apesar do nome, já são comuns na condução dos…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos