Voltar

Gestão da Saúde: a importância de conhecer as áreas da instituição

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade


O mapeamento de atividades e o conhecimento de cada profissional são essenciais para gestão da Saúde

Por Fabiana Freitas

Na gestão da Saúde é comum que alguns profissionais não conheçam todas as áreas envolvidas na operação do negócio. Porém, essa estratégia é fundamental para garantir a sustentabilidade da instituição, melhorar o engajamento e reconhecimento dos colaboradores, além de possibilitar a identificação de falhas. A gestão da Saúde, por mais complexa que possa ser, deve contar com as pessoas, os recursos humanos, para obter resultados mais satisfatórios e um funcionamento orgânico. 

Conhecer a área em que atua dentro da organização é um pilar necessário para o aumento da maturidade de gestão. Isso, porque, esse processo requer que o gestor identifique cada colaborador e suas respectivas atividades. A forma como são feitas e a qualidade das entregas também são resultados dessa estratégia. Essa habilidade empodera líderes e supervisores de áreas dentro uma instituição de Saúde ao fornecer uma visão horizontal a operação. E na gestão da Saúde, essas características se tornam ferramentas essenciais para proteger o negócio

Como realizar

O primeiro passo para o conhecimento da área é compreender o funcionamento de cada atividade e quem a realiza. Deve-se levar em consideração a importância dessa rotina, e de que forma as pessoas estão realizando as tarefas. Por isso, um aspecto fundamental da gestão da Saúde é reconhecer que cada pessoa possui personalidade e formas de atuação diferentes. Portanto, se algum colaborador não está executando bem uma atividade, uma possibilidade é a realocação.

Além disso, o gestor deve levantar quais são os principais processos dentro de determinada área. Com esse levantamento em mãos, o próximo passo é envolver toda a equipe no processo de conhecimento. Ou seja, compartilhar como as entregas estão sendo executadas e quais são as melhorias que podem ser aplicadas para agilizar os processos e aumentar o valor agregado.

Engajamento

Nesse aspecto, os colaboradores podem compreender e avaliar se as entregas estão sendo feitas de forma a auxiliar a operação da tarefa seguinte. Assim, essa consciência é eficaz para eliminar o retrabalho. Muitas vezes, devido à alta complexidade de algumas áreas dentro da gestão da Saúde, o gestor pode buscar por auxílio especializado para o processo de conhecimento das áreas. Porém, o fundamental é a mudança da cultura organizacional e o interesse em aplicar essa estratégia. O conhecimento da área é um fator agregador à gestão por promover, também, a integração de ambientes permitindo uma operação orgânica.


9 de março de 2020 | Atualizado dia 9 de março de 2020


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão da Saúde

Qualidade em Saúde: história e definição

Ao longo da evolução mercadológica, a preocupação com a entrega dos serviços e produtos tomou contornos cada vez mais profissionais…Leia mais.

Gestão da Saúde

O Business Canvas no valor para a Saúde

Na aplicação do Business Canvas, o objetivo fundamental deve estar em destaque e merece atenção primária dos gestores em Saúde:…Leia mais.

Gestão da Saúde

Tecnologia é meio, o diferencial é cultura 2

Colaboradores mais ativos devem ter como foco atender um cliente que busca promoção à saúde, e não tratamento e cura,…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos