Voltar

Team building: construção de times de sucesso

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade

Técnicas de ambientação e motivação específicas do team building permitem que as equipes se desenvolvam com engajamento e comunicação clara

Por Roberto Gordilho

Team building é um conceito que une diversas estratégias de fortalecimento de relações e desenvolvimento de equipes dentro das organizações. Atividades desafiadoras e adaptadas ao perfil de cada negócio são aplicadas rotineiramente pelas lideranças com o intuito de construir uma aproximação colaborativa entre as pessoas. Além disso, os eventos criados pelo team building conquistam facilmente o engajamento das equipes pois proporcionam momentos de lazer. 

A consolidação de equipes, por outro lado, quando bem planejada e aplicada, possui objetivos estratégicos para o negócio. Por exemplo, pelas práticas do team building a liderança pode identificar forças e fraquezas – individuais ou do grupo como um todo. Isso porque, as dinâmicas evidenciam conflitos de relacionamento, falta de comunicação clara entre os indivíduos, perfis de comportamento, talentos, entre outros aspectos fundamentais para a gestão de equipes. 

Todas as conquistas e benefícios do team building são altamente fortalecedores dos negócios em Saúde, principalmente pela essência do setor: feito por pessoas que trabalham e cuidam de outras. 

De onde surgiu

O team building é amplamente utilizado por empreendimentos de diferentes indústrias. Apesar disso, a metodologia foi fundamentada a partir dos Estudos de Hawthorne. Trata-se de um conjunto de experimentos conduzidos por Elton Mayo entre os anos de 1924 e 1932 dentro da fábrica Western Electric, nos Estados Unidos. A empresa também era conhecida por Hawthorne Works – de onde surgiu o título dos primeiros estudos. 

Inicialmente, Mayo selecionou dois grupos de trabalhadores da fábrica. Ao longo da jornada de trabalho, uma das equipes sofreria variações nos níveis de iluminação do ambiente, jornada de trabalho, pressão e outras mudanças. Enquanto o outro grupo, de controle para o experimento, continuaria os trabalhos sem qualquer alteração. O estudo registrou maior produtividade no primeiro grupo à medida que a iluminação aumentava gradativamente. 

Ao longo dos anos, o experimento agregou outras variáveis como redução na jornada de trabalho, flexibilização da pressão da chefia e alteração nos intervalos. Novamente, a comparação entre os grupos demonstrou crescimento na produtividade nos times que sofreram as alterações propostas. Porém, os pesquisadores voltaram gradualmente a normalizar as condições de trabalho para os padrões pré-estudo. Foi aí que notaram algo inesperado até então: a produtividade do primeiro grupo se manteve alta durante um bom tempo e aos poucos foi decaindo.

Resumidamente, Mayo notou que a variação da produtividade estava pouco ligada às alterações aplicadas pelo experimento. Na verdade, as pessoas do grupo cobaia aumentaram o foco e concentração no trabalho pois notaram que seus gerentes estavam preocupados com o seu bem-estar e qualidade de vida – percepção essa dada às mudanças das condições do ambiente e jornada. 

Com o passar dos anos, os resultados dos Estudos de Hawthorne demonstraram que, quanto maior o espírito de equipe, compartilhamento de sentimentos e atenção por parte da gerência e liderança, maior a produtividade e, por consequência, melhor o ambiente de trabalho. 

A importância dos objetivos

Para implantar um programa de team building, o primeiro passo é definir os objetivos da equipe, ou seja, onde se quer chegar dentro de um projeto ou processo de negócio. Esses objetivos, por sua vez, devem ser desmembrados em metas. Diversas pesquisas mostram que empresas que acompanham suas metas têm o dobro de probabilidade de alcançarem seus objetivos.

Então, para uma estratégia eficaz de team building é fundamental que o líder saiba responder três questões básicas:

  • Qual o objetivo compartilhado pela equipe, ou seja, onde a equipe quer chegar?
  • Como será feito o acompanhamento das metas?
  • Qual o impacto do objetivo no cotidiano dos times?
Atividades

O team building possui uma gama vasta de aplicações e atividades para fortalecer a união e coesão das equipes. Estrategicamente, o líder deve optar por atividades que tenham maior aceitação entre as pessoas e que permita desenvolver o clima organizacional de forma colaborativa e sem prejudicar o andamento dos projetos. Por exemplo:

Dinâmicas lúdicas

Encontros podem ser organizados fora do ambiente corporativo ou de maneira que não se apresentem como uma reunião de trabalho. Dentro desses encontros, o líder pode propor atividades diferentes, com apelo lúdico e de lazer. 

Comunicação e cooperação

Com a distração e flexibilização do ambiente, as pessoas se sentem mais confortáveis para a cooperação e comunicação mais clara. Nas dinâmicas de grupo, a liderança deve se atentar à formas como se relacionam, notar conflitos e problemas de relacionamento e incentivar a transparência. 

Criatividade

Para que as pessoas sintam-se confortáveis e, assim, a criatividade aconteça de forma espontânea, é importante que o líder ou gestor abandone a postura de chefia, se mostre preocupado com o ambiente de trabalho e com o bem-estar da equipe. É preciso criar relações mais humanas com cada membro e valorizar as diferenças. Dessa maneira, as pessoas percebem que podem confiar no líder e agir da melhor forma para que os objetivos sejam alcançados. 

A metodologia de team building possui diversas atividades que devem ser adaptadas ao cenário e perfil de cada organização de Saúde. Para isso, não basta apenas que o líder ou gestor conheça  esse conceito. É importante que o profissional tenha objetivos e metas bem definidos de acordo com o planejamento estratégico. E assim, promova o engajamento e melhoria do ambiente de trabalho com as estratégias mais eficazes.


18 de novembro de 2021 | Atualizado dia 16 de novembro de 2021


ÚLTIMAS POSTAGENS

Estratégia Empresarial

Organizações exponenciais: maximize os negócios em Saúde

As organizações exponenciais priorizam resultados e o desenvolvimento de propostas inovadoras, estruturas organizacionais rígidas não fazem parte desse contexto Por…Leia mais.

Tecnologia de Gestão

Lean startup: conceito e aplicação

Em tradução livre, o lean startup significa startup enxuta, a metodologia exige mudança de cultura e estratégias de marketing, tecnologia…Leia mais.

Tecnologia de Gestão

Lean: qual desafio precisamos enfrentar?

Desenvolvido à partir das práticas e resultados do Sistema Toyota, o Lean tem ajudado diversas organizações a otimizar recursos e…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos