Voltar

Novas tecnologias e a habilidade de fazer gestão

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade

Para conquistar as oportunidades na Saúde não basta investir e conhecer novas tecnologias, é preciso dominar a gestão

Por Editorial GesSaúde

É praticamente impensável um negócio em Saúde que não dependa das novas tecnologias. Isso porque, o mundo digital agrega valor aos serviços, reduz desperdícios, amplia o acesso aos clientes e economiza tempo. Essas são algumas das vantagens das ferramentas digitais. Porém, investir em um parque tecnológico ou mesmo gerenciá-lo demanda não apenas conhecer as novas tecnologias. É preciso engajar equipes, organizar processos e  manter uma operação orgânica para a instituição. Em resumo, fazer gestão é tão importante quanto implantar tecnologia.

As transformações do setor e também socioeconômicas fizeram com que todos os profissionais se aproximassem das novas tecnologias. Porém, para se destacar o gestor deve saber organizar a casa para que as ferramentas sejam utilizadas em todo seu potencial. As novas tecnologias são capazes de promover melhoria continuada nos processos e estimular resultados condizentes com os objetivos da organização de Saúde. Mas, sem gestão, as ferramentas podem, inclusive, atrapalhar a produtividade. Por exemplo:

  • Big data: a análise de dados pode ser otimizada com processos e protocolos organizacionais padronizados. Se as informações são armazenadas de forma errada ou com incompletas, a tecnologia não terá sucesso no processamento;
  • Gerenciamento de processos: ferramentas para gestão de processos empresariais permitem redução de erros humanos e automação de ações rotineiras. Contudo, para que isso aconteça é necessário que os processos tenham fluxo orgânico e que estejam conectados com todas as áreas da instituição;
  • Biossensores: o monitoramento remoto de frequências e sinais vitais do paciente ampliam não só a segurança do usuário, como também refletem em previsibilidade para a gestão assistencial. Porém, a instituição deve orientar as equipes de atendimento sobre o uso e manejo desses equipamentos. Além disso, algumas organizações criam áreas especiais para o acompanhamento dos dados emitidos pelos biossensores.
Recursos humanos

De forma geral, as pessoas são o bem mais importante na adoção de novas tecnologias. Os treinamentos são importantes. Porém, é preciso engajamento para o uso das ferramentas. Líderes devem perceber os benefícios das novas tecnologias para repassar os valores aos liderados. Por sua vez, as hierarquias mais altas precisam investir em políticas de desenvolvimento e capacitação continuada. Afinal, as novas tecnologias são transformadoras e estão em constante mudança. Dominas a gestão de recursos humanos, engajar pelo exemplo e saber lidar com o perfil de cada colaborador é uma habilidade que confere destaque para os profissionais. 

É por isso que, diante de um cenário com novas oportunidades surgindo diariamente, não basta apenas conhecer e saber investir em novas tecnologias. Antes, contudo, é preciso dominar a gestão.

*Acompanhe Roberto Gordilho nas redes sociais e se atualize diariamente com o melhor conteúdo de gestão na Saúde:

Siga Roberto Gordilho nas Redes Sociais:

YouTube GesSaúde

Instagram GesSaúde

Sobre Roberto Gordilho

Roberto Gordilho é fundador e CEO da GesSaúde, professor, palestrante, apresentador do Canal GesSaúde no YouTube, autor do livro “Maturidade de Gestão Hospitalar e Transformação Digital, os caminhos para o futuro da Saúde”. 

Foi fundador e diretor das empresas EXE Sistemas e Extreme Tecnologia, além de ter sido por 08 anos diretor da MV, onde coordenou projetos de implantação em mais de 300 hospitais no Brasil, Chile, México e República Dominicana.

Formado em Processamento de Dados com especializações em Desenvolvimento Web, Sistemas de Informação e Engenharia de Software, além de Finanças, Contabilidade e Auditoria pela FGV, possui cursos de formação executiva na Kellogg Business School (Chicago) e Universidade da Califórnia (Irvine), participou também do programa de inovação Learn Experience em São Francisco.


19 de março de 2021 | Atualizado dia 27 de junho de 2021


ÚLTIMAS POSTAGENS

Tecnologia de Gestão

Tecnologias disruptivas na Saúde: o mundo dos superapps

Enquanto os superapps economizam tempo e dinamismo, os wearable devices jogam as organizações de Saúde para dentro dos lares Por…Leia mais.

Gestão da Saúde

O mundo se tornou omnichannel, a Saúde não pode ficar de fora

O omnichannel se baseia na convergência de todos os canais de comunicação do negócio para otimizar a experiência do cliente…Leia mais.

Transformação Digital na Saúde

Novas tecnologias: você ainda trabalha no analógico?

Inteligência artificial, IOT, impressão 3D e Blockchain são novas tecnologias que, apesar do nome, já são comuns na condução dos…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos