Voltar

Novas vagas vão surgir para os gestores extraordinários

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade

A Saúde vai oferecer diversas vagas voltadas para pessoas altamente qualificadas e capacitadas: os gestores extraordinários

Por Roberto Goridlho

Em uma análise dos últimos anos do setor Saúde, é possível perceber uma mudança na dinâmica da oferta de vagas e postos de trabalho. Resumidamente, a Saúde está com muitas vagas dentro das organizações, porém, são poucos os profissionais capacitados para ocupá-las. Ou seja, gestores extraordinários, aqueles capazes de fazer gestão de verdade. São profissionais com habilidades acima da média, preparados para as transformações em andamento e com potencial para mudar a forma de se fazer Saúde.

A experiência no serviço de consultoria permitiu uma avaliação macro da realidade do setor no País. Em diversas regiões, as organizações encontram dificuldades para repor vagas de gestores, seja o gestor como gerente, supervisor, coordenador ou diretor. E um fluxo importante dentro do mercado é a migração de profissionais de outras indústrias para os postos de gestão na Saúde. Por isso, as organizações carecem de gestores extraordinários em Saúde.

Ciclo mercadológico 

Por diversas vezes o mercado em todas as indústrias vivenciou baixas e altas taxas de rotatividade de emprego. No fim da década de 1980, por exemplo, os profissionais com formação sólida em Tecnologia da Informação podiam escolher onde trabalhar. A oferta era grande. Essa taxa foi reduzindo à medida que as pessoas foram se capacitando e atualizando os conhecimentos. Ou seja, o mercado se transformou e passou a necessitar de profissionais cada vez mais atualizados. 

Na Saúde não é diferente. Compreender a complexidade da operação dos negócios nesse setor já não é suficiente para ocupar um cargo de gestor extraordinário. Mudanças culturais, transformação digital, celeridade no compartilhamento de informações, mudanças de modelos de gestão, fazem com que as organizações procurem por gestores altamente qualificados para lidar com os desafios. 

Habilidades modernas

Uma realidade peculiar dessa carência por gestores extraordinários, é que a nos últimos anos a Saúde não formou profissionais para área de gestão, capazes de executar as tarefas que pedem por conhecimentos de administração moderna. Ao contrário disso, as outras indústrias formaram e ainda investem na formação de profissionais altamente capacitados. 

Por isso, na Saúde as organizações estão passando por um processo de mudança de práticas e cultura organizacional. O que antes poderia ser executado com profissionais de medicina, enfermagem ou da farmácia, agora requer conhecimentos sólidos de gestão de negócios. O olhar mudou: o setor está repleto de clientes e consumidores e com muito menos pacientes. Mas o mercado de trabalho em Saúde ainda não está preparado para ofertar profissionais capazes de lidar com os atuais desafios.

As habilidades que fazem do profissional um gestor extraordinário e, portanto, ocupe cargos de alta direção, vão além dos conceitos básicos de gestão hospitalar. Uma visão holística do negócio, as mudanças do mercado, novas tecnologias e a chegada de gerações modernas na clientela fazem parte do cenário atual. Ao contrário disso, muitos profissionais ainda acreditam que apagar incêndio todos os dias é fazer gestão. 

A regra é clara: novas vagas vão surgir e somente gestores extraordinários poderão ocupá-las.


11 de março de 2020 | Atualizado dia 11 de março de 2020


ÚLTIMAS POSTAGENS

Transformação Digital na Saúde

Como concorrer com os negócios que nascem digitais

Empresarialização da Saúde mostra às organizações o poder de negócios que nascem digitais por natureza, como as startups; a corrida…Leia mais.

Tecnologia de Gestão

Medicina digital: 05 tecnologias que transformam a profissão

Da operação robótica até a inserção da ciência de dados, a medicina digital permite que profissionais e organizações ampliem suas…Leia mais.

Tecnologia de Gestão

Tecnologias disruptivas na Saúde: o mundo dos superapps

Enquanto os superapps economizam tempo e dinamismo, os wearable devices jogam as organizações de Saúde para dentro dos lares Por…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos