Voltar

O valor do BPMN para a Saúde

Junte-se a mais de 15.000 profissionais de gestão da saúde.

Assine nossa lista e receba conteúdos com prioridade

Antes de automatizar os processos, é preciso atender a todas as regras rígidas do BPMN para garantir a fluidez na operação do negócio

Por Fabiana Freitas

O BPMN é uma sigla que deriva do conceito de Business Process Management (BPM) ou gerenciamento de processos de negócios. Ou seja, significa Business Process Model Notation (BPMN). Essa notação dentro do BPM surgiu pela necessidade de ter melhores opções de representação de fluxos. Mais que um conceito de gestão moderna, o BPMN representa um diferencial competitivo poderoso para organizações de Saúde. 

Para a gestão, um dos principais diferenciais da notação BPMN são os portões, conexões e desconexões. Na modelagem de processos, esses conceitos são importantes por fornecerem caminhos alternativos para determinadas rotinas. Ou seja, o BPMN permite analisar processos existentes e identificar possíveis problemas e soluções de melhoria. Porém, antes de aplicar a notação é preciso que o gestor entender a diferença entre desenhar e modelar processos:

  • Desenho: é a estrutura simplificada de uma rotina. O desenho do processo serve, por exemplo, para explicar a um usuário como determinada rotina funciona e quais são as principais atividades; 
  • Modelagem: A complexidade de toda a estrutura do processo, detalhes e cruzamento entre rotinas são características da modelagem. Além disso, exige habilidades profundas de gerenciamento de processos de negócios.
Algumas simbologias

Uma comparação simplória para melhor compreensão do BPMN é o fluxograma. Ou seja, ao estruturar um processo ou mapa de processos de uma organização de Saúde, simbologias específicas são utilizadas para representar as ações e passos. Por exemplo: 

  • Condicional – o processo se inicia ou continua somente quando uma condição ou regra do negócio for atendida;
  • Início do evento – símbolo que indica o primeiro passo de um processo;
  • Evento intermediário – é a simbologia que representa qualquer evento entre o início e o fim de uma etapa do processo;
  • Encaminhamento – é a notação que indica que a reação de uma atividade e, em seguida, o fluido segue para outro setor da organização;
Automação

A notação BPMN é uma ferramenta poderosa para sistemas de automação de processos. Isso, porque, o BPMN é uma regra única para que, quando o desenho é colocado em funcionamento, os gestores e analistas possam perceber a fluidez de todo o processo. É por isso, que, dentro do BPMN existem notações rígidas e que devem ser cumpridas no momento da modelagem. De outro modo, caso as regras do BPMN não sejam atendidas, pode haver dificuldades para que o sistema de automação garanta a fluidez do processo.

Em todos os setores do mercado o BPMN oferece eficiência na gestão dos processos. E, portanto, na Saúde não é diferente. Por isso, conhecer essa notação e saber como aplicá-la na organização torna-se um potencial competitivo valioso para o negócio.


13 de março de 2020 | Atualizado dia 13 de março de 2020


ÚLTIMAS POSTAGENS

Gestão Hospitalar

Cultura de alta performance na Saúde: o fundamento está na liderança

Liderar vai além de gerir pessoas, exige sensibilidade humana e visão estratégica para construir uma cultura de alta performance Por…Leia mais.

Gestão de Pessoas

Resolução de conflitos: o poder da comunicação na Saúde

A comunicação faz com que as melhores tecnologias, processos bem mapeados e estratégias direcionadas reflitam em resultados empresariais na Saúde…Leia mais.

Gestão de Pessoas

Liderança é fazer com que as pessoas lutem por aspirações compartilhadas

O gestor deve propor objetivos compartilhados e estratégias de desenvolvimento individual dos colaboradores, essa é um dos fundamentos da liderança…Leia mais.

Cadastre-se para ter acesso a conteúdos exclusivos